Nossa história

Saber a história de um grupo significa compreender quem ele é e porque ele é do jeito que é. A IEA Brasil nasceu de um forte desejo de união e respeito à diversidade de formas de entender e atuar com o Eneagrama.

Em 2006, vários profissionais brasileiros que já utilizavam o Eneagrama em sua metodologia de trabalho como coaching, treinadores e desenvolvedores de pessoas se uniram em prol de criar a Associação Brasileira de Eneagrama a partir da contribuição de 40 fundadores. Cujo nome consta neste site. Foi criada assim, a Associação Brasileira de Eneagrama tendo como base as diretrizes éticas da International Enneagram Association.

E em 2007, com os recursos dos fundadores fizemos o Primeiro Congresso Brasileiro de Eneagrama e mantivemos a Associação que existe até hoje.

Em junho de 2008, aconteceu o II Congresso Brasileiro de Eneagrama, também na cidade de São Paulo, o qual selou o desejo de construção de uma comunidade brasileira comprometida com o Eneagrama. Presidente foi o Khristian Pathernan.

Em 2009, o III Congresso Brasileiro de Eneagrama  que aconteceu em Fortaleza, em 2009. Presidente: Domingos Cunha.

Em maio de 2010, ainda em Fortaleza, aconteceu o IV Congresso Brasileiro de Eneagrama com a presença ilustre de Cláudio Naranjo (fundador da escola SAT e principal fundamentador do Eneagrama tal qual ele é aplicado hoje em dia) como conferencista. Neste ano iniciou-se um trabalho de fazer oficinas durante os dias do congresso expandindo o Eneagrama para comunidades carentes. Presidente: Domingos Cunha

Em maio de 2011, aconteceu em Aracaju/SE, o V Congresso Brasileiro de Eneagrama.Manteve-se a realização de oficinas sociais em comunidades do local do congresso.  Presidente: Domingos Cunha

Em 2012, Curitiba/PR recebeu O VI Congresso Brasileiro de Eneagrama. Presidente Alaor Passaos (in memorial)

Em 2013, devido aos custos excessivos que se tem ao fazer um congresso, passamos a fazer encontros de associados para falar, vivenciar e discutir sobre o Eneagrama. Presidente Alaor Passos

Em 2014, em Teresópolis-RJ acontece o VII Congresso Brasileiro de Eneagrama. Presidente: André Prudente

Em 2015, tivemos o encontro de associados na Bahia. E cursos sobre os temas: educação, família, trabalho e espiritualidade com o Eneagrama. Presidente: André Prudente

Em 2016, em Gramado-RS, tivemos o VIII Congresso Brasileiro de Eneagrama. Presidente: Marilena Bigoto

Em 2017, em Natal-RN, teremos o Encontro de Associados onde iremos oferecer 04 cursos vivências.

1.VISÃO
Que o Eneagrama seja compreendido em sua essência e que sua metodologia seja aplicada com excelência e de forma construtiva.

2. MISSÃO
Nossa missão é compartilhar o conhecimento e a experiência do Eneagrama, de forma ética, a todos os que buscam por ele.  

3. NOSSOS VALORES 
. Crescimento e transformação 
A IEA Brasil entende que o Eneagrama é um poderoso instrumento de transformação e de ampliação da consciência que pode ser utilizado para o crescimento pessoal e coletivo, desenvolvendo toda um coletivo a partir do conhecimento individual.

. Inclusão e Respeito
Preconizamos o coleguismo e respeito entre todas as pessoas da comunidade do Eneagrama, incluindo todas as diferentes escolas de pensamento, professores, profissionais e entusiastas, construindo uma comunidade aberta e democrática. 
. Qualidade
A IEA Brasil busca fazer o melhor possível para seus associados e para a sociedade por meio de um trabalho atencioso e de qualidade. 

Por isso, a IEA Brasil adotou o Programa de Acreditação da International Enneagram Association. 

. Serviço
Estamos aqui para servir a propósitos mais elevados e de forma desinteressada. Nosso trabalho é ser útil ao outro e é dessa forma que evoluímos.

A IEA Brasil sempre será grata pelo trabalho, visão e espírito pioneiro de seus Fundadores:

Alaor Passos (In Memoriam) – Brasília / DF
Alex Magno Musse Reis – Aracaju / SE
André Barreto Prudente – Aracaju / SE
Antônio Maria L. Junior – São Paulo / SP
Antônio Murr – São Paulo / SP
Arlindo Gabriel – Rio de Janeiro / RJ
Cadu Lemos – São Paulo / SP
Carla Franchi Pinto – São Paulo / SP
Carlos H. Abeleira – São Paulo / SP
Carmen Vazquez Simão – São Paulo / SP
Constança M. Vieira – São Paulo / SP
Domingos Cunha – Fortaleza / CE
Eduardo Barreto – São Paulo / SP
Elaine Martins – São Paulo / SP
Ema Adelina Baccarin da Costa – São Pedro do Turvo / SP
Fabrícia Machado – Florianópolis / SC
Félix Antônio da Costa – São Paulo / SP
Fernanda Mendonça – São Paulo / SP
Frederico Barros de Souza Port – Barra Mansa / RJ
Gisela Cornélia Fleischhauer – Curitiba / PR
Hércules Fernandes Ervilha – São Paulo / SP
José Eduardo Lourenção – São Paulo / SP
Julieda Puig Pereira Paes – São Paulo / SP
Khristian Paterhan – São Paulo / SP
Kleber Faccipieri – São Paulo / SP
Luiz Mauro Renault Junqueira – Belo Horizonte / MG
Luiz Valentin Novelli – Santo André / SP
Márcio Schultz – Florianópolis / SC
Maria Claudia Sanchez Giometti – São Paulo / SP
Maria Inês Paes Lourenção – São Paulo / SP
Marilena Borges – São Paulo / SP
Marise Atmo Salonee – Santa Cruz de Cabrália / BA
Nicolai Cursino – Moji das Cruzes / SP
Odete Fernandes – Rio de Janeiro / RJ
Pedro Alípio – Florianópolis / SC
Renata Paes Lourenção – São Paulo / SP
Ricardo Farah – São Paulo / SP
Ricardo Moreira – São Paulo / SP
Ricardo Perini – Erechim / RS
Salomão Fiks – São Paulo / SP
Selmar Luís Passini – Erechim / RS
Sylvia L. M. D Almeida – São Paulo / SP
Urânio Paes – São Paulo / SP
Valdemilson José Verri – Arapongas / PR
Wilson Roberto Lourenço – São Paulo / SP